Skip to main content

Vivendo com Diabetes

Vivendo_com_Diabetes

Quando recebem o diagnóstico de diabetes, as pessoas costumam reagir de maneiras distintas. Alguns podem aceitar tranquilamente a sua nova condição ou se sentirem intensamente irritados e ansiosos. Durante o diagnóstico, você pode querer adquirir todo o conhecimento possível ou poderá se sentir confuso com tanta informação. Só porque a sua reação é diferente da de outra pessoa, não significa que não é "normal". Reações comuns para um diagnóstico de diabetes tipo 2 incluem:

  • Alívio de que seus sintomas não são devido a uma condição mais grave.
  • Ansiedade sobre complicações de saúde no futuro.
  • Uma falta de preocupação inicial, seguida pela raiva ou ressentimento quando você percebe que talvez precise fazer mudanças importantes no seu estilo de vida.
  • A procura por informações detalhadas sobre o próximo passo.
  • Sentimento de culpa em relação ao peso corporal ou estilo de vida.
  • Raiva sobre sua condição de saúde ou do impacto que o diabetes terá sobre o seu estilo de vida.
  • Confusão ou desorientação sobre as mudanças no estilo de vida que você poderá precisar fazer.

Se você se sentir abalado emocionalmente ao receber seu diagnóstico, dê a si mesmo um prazo para a adaptação, antes de começar a aprender a administrar o seu diabetes corretamente. Talvez você já possua algum conhecimento sobre o diabetes, como, por exemplo, informações que adquiriu a partir de um amigo ou membro da família que também tem a doença. No entanto, cuidado: sua percepção sobre o diabetes pode estar distorcida ou antiquada. Quando você se sentir pronto, discuta o que sabe sobre o diabetes com a sua equipe médica, para que eles possam lhe dar informações legítimas sobre esta condição.

Sua família também pode sofrer emocionalmente com o diagnóstico e, talvez, precise de tempo para aceitar a sua condição. Você pode tornar a vida deles mais fácil, se dividir com eles o que está sentindo e partilhar as informações que aprendeu sobre o diabetes. Uma boa ideia pode ser irem a uma consulta médica juntos. É importante que a família, os amigos e os colegas do seu trabalho conheçam mais sobre o seu diabetes, para que compreendam como você se sente e, também, para que possam ajudá-lo quando você se sentir mal.

Obtenha o apoio emocional que você precisa.

Seja capaz de explorar os seus sentimentos sobre o seu diabetes e a receber apoio emocional da sua equipe de saúde. Você não precisa resolver todas as suas preocupações em sua primeira consulta. À medida que o tempo passa, você pode achar mais fácil compartilhar as suas emoções com sua equipe de saúde, em futuras consultas. Se você for incapaz de aceitar o diagnóstico, sentir-se deprimido ou ansioso, é importante que isso seja dito ao seu médico, para que ele possa fornecer uma ajuda psicológica especializada para você, se necessário.

A forma de apoio emocional mais eficaz e menos complicada pode vir de outras pessoas com diabetes tipo 2. Um membro da sua família ou um amigo com essa condição talvez possa lhe oferecer bons conselhos e orientá-lo a uma melhor compreensão. Também é útil encontrar um grupo de apoio, organizado por alguém em sua comunidade ou por profissionais de saúde. Faça o seu melhor para permanecer positivo. Com o passar do tempo, é provável que você se acostume com a sua condição e tenha mais facilidade em administrá-la.

Revisado em: Nov/2016. 059528-160905