Skip to main content
Diabetes_Tipo_2

Diabetes Tipo 2

O diabetes tipo 2 também é chamado de "diabetes de adulto" pois, geralmente, se desenvolve após os 40 anos. Infelizmente, devido à mudança do estilo de vida ao longo das últimas décadas, mais jovens têm sido diagnosticados com a doença. A maioria das pessoas com diabetes tipo 2 tiveram sobrepeso por um longo período. Isso pode levar a uma produção de insulina cada vez menos eficaz, o que é chamado de "resistência à insulina". O nível de glicemia, então, começa a subir e pode ser necessário o tratamento com insulina para controlar a glicemia.

O tipo 2 também é conhecido como o aparecimento tardio de diabetes, já que, normalmente, ocorre após os 35 anos. Apesar de a produção de insulina não desaparecer por completo, o corpo começa a ficar mais resistente à insulina. Nesse caso, os comprimidos podem ser necessários para equilibrar os níveis de açúcar. Os medicamentos usados no tratamento agem melhorando a sensibilidade do corpo à insulina ou aumentando a liberação de insulina no pâncreas.

Dieta e controle da obesidade também são muito importantes quando se trata do diabetes tipo 2. Nas fases iniciais da doença, o uso de injeções de insulina é raro, porém, apesar do diabetes tipo 2 ser caracterizado como não insulino-dependente, muitas pessoas necessitam de tratamento com insulina numa fase posterior, o mesmo feito em portadores do diabetes tipo 1.

Possíveis causas do diabetes tipo 2

Ao contrário do que alguns pensam, o diabetes tipo 2 não é contagioso, não se pode "pegá-lo". Ele também não é causado por comer muito açúcar. Apesar disso, os doces são ricos em calorias e podem levar ao aumento de peso, que é um dos fatores que podem desencadear a doença. Fique atento. Se você apresenta alguns dos seguintes fatores de risco, pode ser possível que desenvolva o diabetes tipo 2:

  • Sobrepeso, especialmente em torno da cintura;
  • Pais ou parentes próximos com diabetes Tipo 2;
  • Fumar;
  • Dieta pouco nutritiva;
  • Histórico de colesterol alto ou outras gorduras no sangue;
  • Histórico de problemas cardíacos.

Diabetes tipo 2: tratamento

Embora a maioria das pessoas com diabetes tipo 2, eventualmente, precise do tratamento com insulina, existem muitas maneiras de ajudar a adiar isso pelo maior tempo possível. Equipes de saúde costumam recomendar uma ou mais das seguintes medidas para ajudar a controlar o diabetes tipo 2:

Mude sua alimentação e a forma de comer - Prefira porções menores de comida, e refeições com pouca gordura e carboidratos (açúcar, pão, massas e batatas).

Faça exercícios físicos regularmente - Tente caminhar ou correr. Dica: envolver os amigos nas atividades ou participar de equipes esportivas torna o exercício mais divertido.

Tratamento com metformina - Esse é o principal medicamento para tratar os altos níveis de glicemia em pessoas com diabetes tipo 2.

Tratamento com glitazonas -  Essa é uma nova forma de medicamento, que não pode ser utilizada no tratamento de crianças.

Revisado em: Nov/2016. 059528-160905