Skip to main content

Como controlar o peso?

como_controlar_o_peso

Muitos jovens, especialmente as adolescentes, acham que têm problemas para manter o peso em um nível desejável, quer tenham diabetes ou não. Há muitas adolescentes sem diabetes que ganham muito peso durante o primeiro ano após a primeira menstruação (menarca), especialmente se diminuirem a quantidade de exercício físico regular que praticam. A causa disso é continuarem a comer a mesma quantidade de alimento depois de ter parado de crescer em altura.

A maioria das meninas só cresce de 6 a 8 cm após a menarca. O problema é mais complicado para as adolescentes com diabetes, uma vez que consideram particularmente difícil perder peso. Portanto, é muito importante que essas meninas diminuam a ingestão alimentar e as doses de insulina quando sua taxa de crescimento estiver se reduzindo, para que possam emagrecer com saúde.

O índice de massa corpórea (IMC) é um cálculo que avalia o peso corporal em relação à altura. Para calcular o IMC, deve-se dividir o peso de uma pessoa pelo quadrado da sua altura em metros (kg/m²). A partir disso, o sobrepeso é definido quando há um IMC acima 25, a obesidade quando se está acima de 30 e a obesidade mórbida quando o resultado é superior a 35 kg/m². 

O sobrepeso é o resultado de um consumo maior de energia do que é gasto. Mesmo sendo considerada moderada, a atividade de apenas 30 minutos por dia melhora a sensibilidade insulínica, e isso é o que realmente ajuda a perder peso.

Um estudo britânico descobriu que as pessoas do sexo feminino com diabetes sofrem de sobrepeso na adolescência e ambos os sexos sofrem com sobrepeso na fase adulta. Aproximadamente 30% das mulheres jovens (mas nenhum dos homens jovens) deram a si mesmas menos insulina do que o prescrito, na esperança de que isso ajudasse a controlar seu peso.

Um estudo sueco encontrou meninas com diabetes cerca de 6,5 kg mais pesadas do que suas colegas sem diabetes. Entre os 18 e 22 anos, o peso delas ficou inalterado, mas o HbA1c foi melhor e as doses diárias de insulina foram significativamente reduzidas.

Revisado em: Nov/2016. 059528-160905