Skip to main content

Alimentação escolar

alimentacao_escolar

Pode ser difícil fazer o pessoal da escola compreender que uma criança com diabetes não come sempre a mesma quantidade de alimento. Ao utilizar injeções múltiplas ou uma bomba de insulina, a dose pode ser ajustada de acordo com o apetite e o tamanho da porção. Às vezes, se existir um longo intervalo entre os recreios, as crianças podem precisar de mais lanches para evitar a hipoglicemia. O nutricionista pode falar com o pessoal da escola, se necessário.

Quando colegas de classe compram doces, as crianças com diabetes podem achar difícil resistir. Existe sempre o risco de que, em vez de serem sensatos, eles acabem comendo ainda mais doces que as outras. Uma solução poderia ser comprar um pequeno número de doces para depois do almoço, quando o estômago já tiver algum alimento. Naquele tempo e sob essas condições, o nível de glicose não será afetado de forma tão acentuada, especialmente se no almoço a dose for ajustada para cobrir os doces.

Ignorar o almoço e comprar doces em vez disso, como alguns adolescentes fazem, pode ser prejudicial para quem tem diabetes. Seria melhor aconselhar as crianças que compram doces a escolherem chocolates ao invés de doces feitos de açúcar puro, a menos que tenham um problema de peso.

Revisado em: Nov/2016. 059528-160905